terça-feira, 12 de abril de 2011

No cravo e na ferradura

Certa vez estou eu numa pizzaria com um grupo de amigos com uma amiga de um desses, que eu não conhecia. Lá pelas tantas ela diz que não sabe cozinhar nada. Respondo de pronto, feito um personagem de Jorge amado:
- Uma mulher tem duas utilidades. Se ela não sabe cozinhar, vai ter que compensar muito na outra.
Bem, era só uma provocação, claro, mas a casa caiu do mesmo modo.

***

Entra Wesley na sala, e depois de algumas provocações quanto a sua sexualidade, ele responde:
- Se Deus inventou algo melhor do que a mulher, ele escondeu consigo.
Evidentemente não dá pra discordar de sua assertiva. Mesmo que seja para atender somente as tais duas utilidades.

2 comentários:

Cata disse...

Adoro os posts do Doney!
Mesmo sendo mulher, sou machista.
Não sei quem foi que deu direito à louca que resolveu queimar o sutiã!!! Antes disso, estávamos em casa, tranquilas, lindas, cuidando (BEM)da família.
ABÇ.

Freu disse...

sábias observações...perspectivas amplificadas. Não tem o que nem como discordar.