segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Eu contra o reflexo (distorcido)

Só uma pessoa pode concordar 100% com suas ideias, e esta pessoa é ela própria.
De qualquer modo, ainda assim, por um curto espaço de tempo. Estabelecêssemos uma diferença temporal e pudéssemos encontrar com nós mesmos, teríamos diversas discordâncias entre si.
Talvez, com uma distância um pouco larga, uns 5 anos, periga que a diferença fosse tão grande que seria irreconciliável – e, pasmem, nos tornássemos inimigos de nós mesmos.

E aí me vem invade a mente a kafkaniana situação: vem uma pessoa cinco anos atrás com esta ideia do que aqui escrevi. ¿Será que eu concordaria com ela?

Um comentário:

BLOG DO PROFEX disse...

Kafka remexe em sua cripta a cada instante com nossos textos e poesias truncadas e criptografadas. Com certeza daqui a cinco anos vai estar rindo dessa sua encanação atual. Mas que seria do mundo se não houvessem pessoas que fazem uma releitura de tudo?
Gostei dos seus textos, dúvidas e encanações...Valeu!
Um grande abraço!